quinta-feira, 20 de julho de 2017

Todas as tochas da paz

Vamos
Que a cadeia
Não é lugar
Pra gente não!...

Mas tem uns homens
Que roubam a gente
E vivem contentes
Com seus poderes,
Cumprindo pena
Numa puta mansão.

Como nunca andei distante,
Penso em partir auto exilado.
Cansar disso tudo já descrente,
Eu também mudo o país de lado.

“Murro em ponta de faca”. Já dei!
Muito mais do que podia imaginar.
Do pressuposto de que nada eu sei,
Foi que aprendi a entender e sonhar.

Com os livros, palácios na paisagem;
Um mar que bate líquido em rochas,
Nas cores robustas das lindas auroras.
Na floresta que acende todas as tochas.




(Cristiano Jeronimo – 20.07.2017)

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Espelho para olhar


Presente de grego
é um Cavalo de Tróia.
Presente de Congresso
É nosso braço na tipoia;
Presente de índio agora
Não tem espelho ou olhar.

Negócio de chinês é bom
A roleta gira como um furacão.
O Dudu vem barato bombom
É que veio da China e é falso;
Eles sabem como se deve fazer.

Negócio brasileiro, pode esperar!
Viajar o mundo inteiro sem dinheiro
                      pra pagar...
O petróleo que era nosso está sendo
                                                protestado
Nos altos tribunais dos Estados Unidos.
As ações que eram boas viraram insônia.
E nós estamos, na incerteza, aturdidos...



(Cristiano J. 17.07.2017)

CÉU DE ANIL

Bem que sou mesmo palhaço Mas não faço graça para qualquer um. Ao ponto de qualquer estilhaço, Corro com todos; corro só um... ...