terça-feira, 15 de setembro de 2009

Onírico



(Cristiano Jerônimo)

Tom: D
Introdução: D D6 D9 D (solo inicial)

D G
Eu sempre acordo muito cedo na vida
D G
Quase nunca me permito que alguma coisa boa
F Am
Passe à toa ou passe desapercebida.
D G D
Para mim o mundo brilha em preto e branco.
G D
Colorido é ilusão?
G
Qual é a cor que você sonha?
D
É policrômica?
F
Eu já fechei esta lacuna
Am
Com um pouco de razão e sentimento.
D G
(Eu vivo intensamente os meus momentos).
D G
Sei que olha para o lado humano
D G
E me permito a viver intensamente.
D G
Acredito em colher destas sementes
D G
Os frutos justos que a lei retorna
F
Desde o big bang até hoje
Am
Aproximadamente 18 milhões de anos-luz.
D G
Além do bem não me interessa
F
Se já fui no universo

Uma molécula desprezível
Am
Ou uma fração de luz.
G
Uma molécula desprezível
Am
Ou uma fração de luz. (solo final).

Quevedo (A hora...)

Eu não posso dar conta da realidade, Se toda vez que percorro essa cidade, Desponta luz toda sorte de iniquidades; Porque se diz ...