quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

De perdões



Nenhum comentário:

Postar um comentário

CÉU DE ANIL

Bem que sou mesmo palhaço Mas não faço graça para qualquer um. Ao ponto de qualquer estilhaço, Corro com todos; corro só um... ...