sexta-feira, 28 de março de 2008

Antagonismo das Descobertas II


Mesmo se mirar
Fundo ao infinito
Buscando no Cosmo
O primordial
Haverá luzes
Entrando
Em buracos
Negros
E ilusões.

Mesmo se olhar
Para o limite
Que se expande
Haverá trevas
Entrando
Em foco
De luzes
E ilusões.


Mirar dentro
De nós mesmos
É acertar no alvo
Exato que nos faz encontrar
O caminho
Do antagonismo das descobertas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguerridas e bélicas

Venha entrar Na minha música. Venha provar Da minha poesia, Pra ver o novo dia. Vamos dar as mãos Como crianças Rodar...