sexta-feira, 28 de março de 2008

Antagonismo das descobertas I


As coisas não são simples
o quanto muitas vezes
a gente imagina.

Também não são tão complexas
Como quando problematizamos.

As ilusões não são irreais
Como, objetivamente, descartamos.
A realidade não é nítida
Da forma exata como queremos.

A mentira, sim, é uma forma
Simples de enganar a sim mesmo;
A verdade a única maneira
De vibrar no cósmico
O despertar mágico
De ser melhor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Limite dos sábios

Bem ao meu lado Eu não sentia você Que agora está com o rosto colado Para assistirmos tevê. Tomarmos um banho, um café... n...